Data de publicação: 01/05/2024

180º aniversário da Sociedade de São Vicente de Paulo na Irlanda

Conselho Geral Internacional

“Os tempos mudam, a compaixão permanece”.

A primeira Conferência na Irlanda, chamada St Michan’s, foi estabelecida em Dublin, em 1844, e a partir daí começou o desenvolvimento na Irlanda, que hoje abrange todos os condados do país, com mais de 11.500 membros ativos.

Desde sua fundação, ajudou pessoas necessitadas durante a fome, uma guerra civil, uma guerra de independência, duas guerras mundiais e várias recessões econômicas. É uma das organizações de ação social e atividade social mais conhecidas e mais amplamente apoiadas na Irlanda.

O evento do 180º aniversário, para o qual o presidente-geral e os membros da diretoria foram convidados, foi realizado no sábado, 20 de abril, no Dublin Convention Centre, onde havia uma pequena representação das 230 lojas beneficentes (brechós e bazares), além de vários eventos comemorativos no auditório principal, com a presença de mais de 800 pessoas.

 O Padre Michael McCullagh CM abriu os trabalhos com um discurso comovente e vibrante, que foi muito aplaudido pelos presentes. As orações foram seguidas por uma saudação do Presidente da República, Sr. Michael D. Higgins. Em seguida, Rose McGowan, Presidente Nacional da SSVP Irlanda, fez uma breve revisão histórica das Conferências ao longo dos anos e agradeceu aos membros, voluntários e benfeitores pelo trabalho social realizado.

Além disso, vale destacar o discurso interessante e comprometido da convidada especial, a Sra. Mary Robinson, ex-presidente da república e atualmente presidente da “The Elders”, uma organização social dedicada principalmente a promover a paz, os direitos humanos e a erradicação da pobreza.

O discurso do Presidente-geral Juan Manuel B. Gómez enfocou as diferentes maneiras pelas quais os membros irlandeses combatem a pobreza e trabalham pela justiça social. Ele também destacou o importante conceito social das mais de 230 lojas de caridade na ilha como um exemplo para toda a Confederação.   

O evento foi finalizado com entrevistas ao vivo com alguns dos participantes, que nos deram suas impressões fortes e comoventes, com uma representação de jovens vicentinos irlandeses nos contando suas experiências, bem como outros tipos de apresentações, alternadas com apresentações musicais. Finalmente, foi concelebrada uma solene missa, acompanhada pelas belas vozes do Coral do Condado de Meath, presidida pelo Pe. Michael McCullagh CM, pelo Pe. Jim Noonan ODC e pelo conselheiro religioso do Conselho Geral, Pe. José Orozco CM. Durante a missa e com a solenidade que o evento exige, as promessas vicentinas foram renovadas.

REUNIÃO DA DIRETORIA

A reunião da diretoria foi realizada no domingo de manhã. Na reunião da diretoria, após as respectivas orações e a reflexão do Padre Orozco sobre a parábola do Bom Pastor, foram discutidos diversos assuntos, entre eles o convite dos EUA para organizar a diretoria em Atlanta na primavera de 2025, os preparativos para a reunião em Goa em junho e a situação da SSVP na Ucrânia e na Eslovênia, bem como a reunião da FAMVIN e a campanha das 13 Casas em novembro.

A delegada para a Juventude apresentou as propostas de atividades, incluindo intercâmbios e apoio aos jovens e preparativos para o ano do Jubileu e também o encontro de jovens vicentinos para o verão de 2025 em Roma.

Além disso, o tesoureiro apresentou um relatório de progresso sobre os demonstrativos financeiros e o trabalho de auditoria que está sendo realizado pelos auditores.

Na segunda parte, foi acordado pelo Presidente da Austrália sediar o Dia Internacional Vicentino no outono deste ano de 2024, com o Brasil se candidatando para o ano de 2025. Foi aprovada uma proposta da Austrália para a salvaguarda da juventude vicentina nas várias reuniões internacionais e também foram discutidas várias opções para apresentação em Goa, o que permitiria à Sociedade de São Vicente de Paulo receber doações internacionais.

Em outros assuntos, o Presidente da Austrália, juntamente com a Nova Zelândia, apresentou uma prévia do desenvolvimento de um programa para ajudar os Conselhos Nacionais da região a se tornarem sustentáveis. Ele se concentraria em cinco áreas: governança, agregação e instituição, formação e capacitação, proteção, juventude e ajuda fraterna.

RELATÓRIOS DOS DIVERSOS COMITÊS

Por fim, e entre outros assuntos de competência da diretoria, foram apresentados os relatórios anteriores da Comissão de Estatutos, que devem ser apresentados como progresso em Goa, o Relatório da Estrutura Internacional e Projetos Especiais, apresentado pelo confrade Julio Lima, bem como as conclusões da Comissão Internacional de Ajuda ao Desenvolvimento (CIAD) e da Ajuda Fraterna.

Julio Lima comentou sobre o trabalho relativo aos requisitos para que os países se tornem membros legais e comunicou aos VPTIs a importância de seu papel nesse processo com os países. Ele também fez um relato das reuniões destacando as novas diretrizes para a equipe de comunicação e o papel dos VPTIs e da equipe nesse processo. Eles também discutiram as indicações (quase completas) e os processos, bem como a agenda da reunião de Goa.

Na CIAD, entre outros assuntos, foi proposto apelar aos Conselhos Nacionais por fundos para ajuda e para o Fundo Internacional de Solidariedade (FIS). Também foi aprovada a distribuição dos fundos que não estão associados a propósitos específicos entre os países que os solicitarem. Além disso, pretende-se dar prioridade a projetos que sejam baseados na comunidade e sustentáveis.

A Comissão da Ajuda Fraterna, entre outros assuntos, decidiu aprimorar o formulário de inscrição para tornar os documentos mais operacionais e comentou sobre o aprimoramento dos modelos da Inglaterra e do País de Gales com a Índia e a Nova Zelândia para ajudar o Sri Lanka em um programa conjunto de ajuda na área da Oceania.

VISITAS INSTITUCIONAIS

No dia seguinte, para encerrar o dia, o Presidente-geral, acompanhado dos demais membros da diretoria e convidados, visitou a Ozanam House Resource Centre e a Saint Benedicts Housing em Dublin.

No Ozanam Centre, uma variedade de atividades é oferecida a jovens e idosos, com a oportunidade de desenvolver a autoconfiança para se desenvolver e crescer, para que eles e suas famílias possam ter um futuro melhor. O centro atende a mais de 500 pessoas por semana, com idades que variam de dois a noventa anos.

Instalado em um belo edifício georgiano e no armazém original de roupas e móveis da SSVP, o Centro é a origem das Charity Shops e tem sido usado pela SSVP Irlanda há mais de 100 anos.

A visita continuou em Saint Benedicts Housing, um conjunto habitacional em Estuary Road, Malahide, Condado de Dublin.

A vila, inaugurada em 2009, consiste em 45 residências unifamiliares de um andar para idosos, com instalações de lazer e espaços comuns. Ela é financiada pelo Fingal County Council e pelo Ministério da Habitação e pelo Local Grants Scheme, em um terreno de propriedade da SSVP. O projeto é sustentado pelo compromisso e dedicação dos voluntários da Conferênca São Benedito.

Agradecimentos

Agradecemos desde o Conselho Geral aos nossos irmãos irlandeses, especialmente aos membros do Conselho Nacional representados por sua presidente Rose McGowan, aos voluntários, funcionários e amigos, pela magnífica organização, pela gentil acolhida e pela excelente hospitalidade que nos demonstraram em todos os momentos. Uma visita fraterna que ficará para sempre em nossos corações.