Data de publicação: 23/04/2024

191 anos servindo na esperança

Conselho Geral Internacional

A Sociedade de São Vicente de Paulo comemora seu 191º aniversário hoje, 23 de abril, desde que seus sete fundadores: Emmanuel Bailly, Auguste Le Tallendier, François Lallier, Paul Lamache, Félix Clavé, Jules Devaux e Frederico Ozanam, como líder do grupo, fundaram a primeira Conferência de Caridade, colocando a amizade antes da ação.

Frederico, um modelo de vida a serviço do bem e da verdade, é quem melhor interpreta e dá continuidade aos ensinamentos de São Vicente de Paulo, tornando possível sua rápida expansão em todo o mundo.

Frederico Ozanam foi um ativista incansável em favor do cristianismo e em defesa da justiça social, como evidenciado pelo reconhecimento de São João Paulo II em sua missa de beatificação, quando o considerou “um precursor da doutrina social da Igreja, que o Papa Leão XIII desenvolveu alguns anos mais tarde na encíclica Rerum novarum”. Seus escritos são muito relevantes hoje em dia, mas muitos deles ainda são desconhecidos, e é por isso que o Conselho Geral está fazendo um grande esforço para divulgá-los.

Os problemas e conflitos vivenciados por Frederico Ozanam em sua época são, em muitos aspectos, idênticos aos que vivenciamos hoje, quase dois séculos depois. Ele não se limita a expor os problemas sociais, mas oferece soluções e incentiva todos, especialmente seus amigos, a dar um passo à frente em favor dos mais oprimidos, tanto em seus escritos quanto em sua vida. Para Federico, a bênção de Deus virá se mantivermos a fé, porque, mantendo nossa fé, poderemos comunicá-la aos outros por meio dos canais da caridade, sabendo que nossa principal missão é a evangelização.

Essa é uma das mensagens fundamentais que lembramos neste 191º aniversário, para ter em mente que a caridade não é um fim em si mesma, mas o melhor meio de espalhar o Amor de Deus.

Neste dia de aniversário, compartilhamos na Eucaristia uma lembrança especial de nossos fundadores e elevamos em comunidade fraterna uma oração ao Senhor, para que ele nos torne dignos do legado que recebemos.

Juan Manuel B. Gómez

XVII Presidente-geral