Data de publicação: 07/12/2023

8 de Dezembro, dia da Imaculada Conceição, festa vicentina

Conselho Geral Internacional

A fundação da primeira Conferência de Caridade, em 23 de abril de 1833, começou com a mais antiga oração ao Espírito Santo, rezada desde o século XII: “Veni Sancte Spiritus”: Vinde, Espírito Santo… e terminou com o “Sub Tuum Præsidium”, o mais antigo hino preservado da Virgem Maria como Mãe de Deus, descoberto em um papiro perto da antiga cidade egípcia de Oxirrinco: “Sob Sua proteção nos colocamos…. “

Orações que as Conferências têm mantido e orado desde então em todo o mundo.

Durante a sessão de 4 de fevereiro de 1834, os membros da primeira Conferência adotaram várias propostas. Le Prévost, falando em nome de vários membros, pediu que a Conferência fosse colocada sob o patrocínio de São Vicente de Paulo e celebrasse seu dia de festa, e que cada sessão começasse e terminasse regularmente com uma oração.

Frederico Ozanam, como um bom representante da piedade de Lyon, por sua vez, pediu que fosse tomada a decisão de colocar a Conferência sob a proteção da Virgem Maria e celebrar uma de suas festas, a festa da Imaculada Conceição, em 8 de dezembro, a festa do nascimento da Virgem Maria.

Desde então, a Sociedade de São Vicente de Paulo tem mantido dois patronatos, o da Imaculada Conceição e o de São Vicente de Paulo.

O Conselho Geral solicita que os membros de todo o mundo rezem e ofereçam uma intenção à Santíssima Virgem como mediadora, em gratidão aos nossos fundadores e pelo crescimento saudável das Conferências, para que possam continuar a viver sua fé a serviço de nossos irmãos e irmãs que mais sofrem.

Também lembramos que termina hoje o Ano Temático dedicado a Jules Gossin.