A Sociedade de São Vicente de Paulo é uma organização internacional formada por leigos católicos que tem como vocação seguir a Cristo através do serviço as pessoas mais vulneráveis.

A Conferência

A SSVP se organiza em grupos denominados “Conferências”, que são comunidades de fé e amor, de oração e ação. Seus membros se conhecem tradicionalmente como sócios, ou confrades e consocias vicentinos.

Entre eles, existe um vínculo espiritual e de fraternidade. Sua missão comum é seguir a Cristo através do serviço em esperança aos mais necessitados.

As Conferências se reúnem semanalmente a cada quinze dias, criando um laço que reforça a unidade e a amizade. Juntos, buscam a melhora pessoal e o encontro com Cristo na pessoa dos mais pobres.

Os Conselhos

Os Conselhos servem as Conferências que coordenam; as ajudam a desenvolver sua vida espiritual, a intensificar o seu serviço e a diversificar suas atividades.

Os Conselhos têm a função de: criar novas Conferências, ajudar na expansão das existentes, fomentar obras especiais, apoiar a formação, procurar as relações com a Família Vicentina, impulsar a colaboração com outras instituições e procurar uma boa comunicação entre outras Conferências e Conselhos imediatos superiores. Em resumo, promover o sentido de pertença a uma Sociedade que se estende por todo o mundo.

As Conferências estão agrupadas nos níveis de Conselhos:

Conselho Superior o Nacional: coordena e representa a atividade geral de todas as Conferências em um país ou zona geográfica determinada.

Conselho de Zona: representa grupos de Conferências de uma determinada zona geográfica, abaixo do direcionamento do Conselho Superior de que forma parte.

Regionais, Particulares, Centrais, etc, são os outros níveis de Conselhos que podem existir.

O Conselho Geral Internacional (CGI)

Está formado pelos representantes de cada um dos países membros da Confederação Internacional da SSVP. Eles votam as principais resoluções que afetam a vida da SSVP e realizam, a cada 6 anos, a eleição de um Presidente Geral, que designa sua Mesa executiva e os membros da estrutura internacional que o acompanharão durante o mandato.

O CGI representa a Confederação em todo o mundo, organiza reuniões internacionais entre países, reúne informação e envia fundos de ajuda diante situações de emergência humanitária. Ele também garante a espiritualidade da Sociedade e zela pelo respeito a Regra (ir ao documento). Além disso, é responsável por agregar as Conferências e a instituição dos Conselhos.

A Comissão de Ajuda e Desenvolvimento (CIAD)

A CIAD (Comissão Internacional de Ajuda e Desenvolvimento) é a Comissão que estuda as solicitações de financiamento para projetos da Sociedade em todo o mundo.

Suas ações estão financiadas por donativos dos Conselhos Superiores ou Nacionais e por donativos exteriores.

Esta Comissão canaliza e coordena quatro âmbitos principais de ação a nível internacional:

  • Ajuda de emergência em situações de catástrofe.
  • Projetos de ajuda ao desenvolvimento
  • Apoio a expansão e crescimento da SSVP
  • Fortalecimento dos Conselhos Superiores/Nacionais