Data de publicação: 16/02/2022

Os sete santos fundadores 

Igreja

No dia 17 de fevereiro, a Santa Igreja celebra a data litúrgica dos “Sete Santos Fundadores da Ordem dos Servitas”. A congregação, cujo nome oficial é Ordem dos Servidores de Nossa Senhora, foi fundada em 1233, na Itália.

Os sete santos são os seguintes: Bonfiglio Monardi, Bonaiuto Manetti, Amadio de Amadei, Ugoccio de Ugoccioni, Sostenio de Sosteni, Maneto d’Antela e Aleixo Falconieri. Os Sete Fundadores foram canonizados pelo Papa Leão XIII, em 1888.

Entre os séculos XII e XIII, surgiram na Europa muitas confrarias e ordens religiosas estabelecidas por cristãos em busca de uma vida plena nos valores do Evangelho, em oposição à ganância, ao luxo e prazeres mundanos. 

A Ordem dos Servidores de Nossa Senhora foi fundada por sete jovens que, como sinal de santidade, abandonaram o luxo para viverem uma vida monástica, pautada na oração, na penitência, na renúncia e na devoção à Virgem Maria.

Nós também, da Sociedade de São Vicente de Paulo, espelhamo-nos nos Servitas para louvar a existência dos nossos sete fundadores, igualmente homens santos que dedicaram suas vidas à família, à caridade, à Igreja e à construção de um mundo mais igualitário e fraterno: Bailly de Surcy, Ozanam, Lallier, Devaux, Le Taillandier, Clavé e Lamache.

Neste dia 17 de fevereiro, o Conselho Geral Internacional convida a toda a comunidade vicentina a celebrar a memória dos SETE FUNDADORES DA SOCIEDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO, e pede que, em cada Conferência vicentina existente no mundo, seja rezado um Pai-Nosso pela alma dos nossos igualmente “sete santos fundadores”.