Apelo de maio: Água Limpa para Aligambay (Sri Lanka)

Apelo do mês – Uma nova maneira de ajudar 

A cada mês, a Comissão Internacional de Ajuda e Desenvolvimento (CIAD) seleciona um Projeto da SSVP Internacional que requer doações devido a sua delicada situação econômica e convidará toda a comunidade vicentina a apoiá-lo. Normalmente, a CIAD atende diretamente a esses tipos de projetos, mas devido à Covid-19 e outras demandas, a CIAD não consegue atender a todas as solicitações. Por isso, seleciona uma série de projetos, que contam com o seu total apoio, para que possam receber a ajuda da comunidade internacional por meio de um apelo no site do Conselho Geral Internacional. 

A situação: uma aldeia pobre e esquecida

Aligambay, na diocese de Baticaloa (Sri Lanka), é uma aldeia extremamente pobre, isolada em uma área de selva e longe de qualquer orgão governamental e econômico, onde muitas famílias se reuniram após a guerra étnica. Essas pessoas vivem em condições insuportáveis ​​há muitos anos e, infelizmente, são claramente negligenciadas pelo governo e pelas ONGs. Hoje existem cerca de 370 famílias na aldeia, cerca de 1970 pessoas, vivendo em condições lamentáveis. O governo concede pequenas doações (cerca de 200 euros) para ajudar a construir 200 casas, mas o resto do dinheiro tem de ser investido por estas pessoas, que são realmente pobres, que pedem esmola diariamente e só comem uma vez por dia.


O apelo: água limpa para Aligambay (Sri Lanka) 

Nesta cidade não há acesso a água potável. Muitas dessas pessoas adoecem por causa da água que bebem: problemas renais, crianças com febres recorrentes, alta taxa de aborto e muitos outros problemas associados. Um pequeno trator fornece água potável à aldeia, mas é insuficiente e o ponto de água potável mais próximo fica a 20 km de distância. 

“Se alguém tem sede, venha a mim e beba” (João 7:37) 

A água é essencial para estas pessoas e, respondendo ao pedido de ajuda do pároco, a Sociedade de São Vicente de Paulo de Baticola deseja ajudar a cavar na localidade um poço com bomba eléctrica e tanque, num local onde encontrarem água potável. 

Como colaborar: O custo do poço, da canalização e da caução é de 3.500 euros. Mais tarde, serão necessários mais 6.500 euros para instalar um sistema de filtragem. A Sociedade de São Vicente de Paulo no Sri Lanka deseja ajudar neste projeto o máximo possível, mas não tem fundos. 

Depois de estudar cuidadosamente os orçamentos apresentados, a CIAD deseja apoiar esse esforço, mas não possui recursos. 

A CIAD encoraja fortemente os membros, Conferências e Conselhos da SSVP em todo o mundo a apoiarem este apelo. Por favor, envie a maior quantia econômica que você puder. Sua generosidade permitirá que este projeto, tão importante para a SSVP do Sri Lanka, avance. 

Para mais detalhes sobre como doar (ou para mais informações), envie um e-mail para: [email protected] 

OBRIGADO POR SUA GENEROSIDADE